Aproveitamento de águas pluviais

Aproveitamento de águas pluviais: uma solução para enfrentar a escassez de água?

Um dos principais efeitos das mudanças climáticas está relacionado à água. Períodos longos de seca, enchentes e outros problemas ligados a esse recurso natural essencial para a vida no planeta assolam diversos países pelo mundo atualmente. Dentro desse contexto, o aproveitamento de águas pluviais nas cidades aparece como uma solução para lidar com essa situação. Saiba o que são águas pluviais e como captá-las nesse conteúdo da GreenView.

De acordo com a Organização das Nações Unidas, 3,6 bilhões de pessoas no mundo tiveram acesso inadequado à água ao longo de um mês em 2018. Já em 2050 é esperado que esse número passe para 5 bilhões de pessoas. Por isso, a organização global recomendou que os países melhorem o manejo, o monitoramento e a projeção do fornecimento dos recursos hídricos. Além disso, o documento solicita que seja aumentado o investimento na área e que as políticas hídricas e climáticas estejam integradas. Diante desse cenário, o aproveitamento de águas pluviais pode ser uma ótima ferramenta para ser incluída dentro dessa estratégia de enfrentamento do problema nas cidades.

O que são águas pluviais?

As águas pluviais nada mais são do que a água da chuva. Quando captadas por meio de um sistema específico é possível utilizar a água da chuva em atividades que não necessitam do uso de água potável. Alguns exemplos são: lavagem de áreas externas, descarga, irrigação de hortas e jardins, lavagem de veículos e maquinários, sistemas de ar-condicionado, entre muitas outras atividades cotidianas.

Tendo em vista as possibilidades de uso das águas pluviais no dia a dia pode-se perceber o quão vantajoso é o seu aproveitamento. A economia na conta de água, o auxílio na contenção de enchentes, a diminuição do volume de água da chuva no esgoto e a ajuda no período seco são apenas alguns dos benefícios que o sistema proporciona.

Como fazer a captação de águas pluviais

Um bom sistema de aproveitamento de águas pluviais é simples e de baixo custo. Por isso, tanto empresas como residências podem tê-lo facilmente. E ele ainda pode ser usado em ambientes urbanos e rurais. Funciona assim: a água da chuva é captada por calhas; depois ela segue para um filtro onde serão eliminados alguns resíduos que estavam no telhado, como folhas; e depois ela segue para uma cisterna, que é o lugar onde a água fica armazenada. Uma bomba será a responsável por direcionar a água da cisterna para uma caixa d’água para ser distribuída pela casa.

As cisternas usadas para armazenar as águas pluviais são de baixo custo e estão disponíveis em diversos modelos, tamanhos e formatos. Além disso, elas também podem ser subterrâneas. Cabe ressaltar ainda que a manutenção do sistema é fundamental. É necessário limpar as calhas para evitar a contaminação por fezes de animais, por exemplo. A parte interna da cisterna também deve ser limpa com frequência.

Para ter um sistema de aproveitamento de águas pluviais é preciso também estar com alguns documentos em dia para comprovar que tudo está dentro das normas técnicas brasileiras sobre o assunto. Alguns exemplos são a norma ABNT NBR 15527, que estabelece regras para o aproveitamento de coberturas em áreas urbanas para fins não potáveis; a norma ABNT NBR 10844, que versa sobre as instalações prediais de águas pluviais; a norma ABNT NBR 12213, que se refere ao projeto de captação de água de superfície para abastecimento público; entre outros.

Quer economizar, fazer uma boa gestão dos recursos hídricos e ainda ser um parceiro do meio ambiente? Invista em um sistema de aproveitamento de águas pluviais! A GreenView tem toda uma equipe qualificada e experiente para te ajudar! Entre já em contato conosco e conheça todos os nossos serviços.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende uma Ligação!

Preencha o formulário ao lado e entraremos em contato para falar sobre como podemos lhe auxiliar: