Quais os impactos ambientais do uso de agrotóxicos?

Quais os impactos ambientais do uso de agrotóxicos?

A produção agrícola é um dos motores da economia nacional e o país se tornou reconhecido por seu alto potencial quando o assunto são as commodities. No entanto, a busca por maior eficiência no campo tem sido a justificativa para a fabricação, comercialização e maior consumo de agrotóxicos nas plantações brasileiras. Que impactos ambientais o uso de agrotóxicos pode provocar? Como a saúde humana é afetada? Descubra tudo aqui nesse conteúdo da GreenView.

Primeiramente, vamos fazer uma breve explicação do que são os agrotóxicos. Também chamados de pesticidas, defensivos agrícolas e agro químicos, os agrotóxicos são toda as substâncias químicas, físicas ou biológicas utilizadas para destruir insetos, ácaros, ervas daninhas, fungos, vermes, roedores e outros tipos de animais e/ou plantas que podem prejudicar a produção agrícola e matar o que está sendo plantado. 

No último mês, a Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei que flexibiliza o uso de agrotóxicos no Brasil. Críticos à proposta chegaram a apelidá-la de “PL do Veneno”. Entre os pontos que mais geraram protestos estão o fato da lei prever que o Ministério da Agricultura será o único órgão a registrar novos agrotóxicos e conter a permissão para o registro de agrotóxicos comprovadamente nocivos. Soma-se a esse panorama ainda a informação de que o Brasil é o 2º maior comprador de agrotóxicos proibidos na Europa.

Tendo em vista esse cenário, é necessário refletir sobre os impactos ambientais causados pelo uso de agrotóxicos. Um dos principais danos causados pela substância é a contaminação do solo, dos lençóis freáticos e rios. É comum que a água da chuva sirva como “condutora” dos agrotóxicos até corpos d’água, por exemplo. Dessa forma, todos os animais e as plantas aquáticas do local afetado ficam contaminados. Além disso, os agrotóxicos também contribuem para o empobrecimento do solo, reduzindo a sua fertilidade.

Cabe ressaltar ainda que os agrotóxicos são bioacumulativos, ou seja, a substância permanece no corpo de um animal, por exemplo, mesmo após a sua morte. E se esse animal servir de alimento para outro, este também ficará contaminado e pode acontecer um efeito em cadeia.

Quanto à saúde humana, o uso de agrotóxicos é extremamente nocivo porque pode intoxicar os funcionários que têm contato com a substância e contaminar água e alimentos ingeridos pelo indivíduo. Entre os maiores problemas causados pelos pesticidas estão: câncer, doenças hepáticas e respiratórias, problemas no sistema nervoso, alterações cromossômicas, convulsões, redução da fecundidade, envenenamento, etc.

Quais as alternativas ao uso de agrotóxicos?

Conforme é possível observar, os custos mais baixos que os agrotóxicos oferecem e atraem quem está à frente do negócio não compensam quando paramos para analisar os malefícios que eles causam ao meio ambiente e à população. Por isso, é crucial buscar alternativas para reduzir o uso de agrotóxicos. Uma delas é a utilização de bioinsumos, produtos à base de bactérias, fungos, vírus e nematoides. Uma enorme vantagem é que este é um composto que age diretamente no alvo em que quer combater.

O controle biológico é outra boa opção ao uso de agrotóxicos. A técnica é baseada na introdução de agentes predadores e parasitas das pragas que assolam determinada plantação. Já a agroecologia substitui os agrotóxicos por policultivos que atuam para promover o equilíbrio na convivência entre insetos e bactérias com as plantações. 

Quer saber mais sobre outras ações sustentáveis que aliam crescimento econômico e respeito ao meio ambiente?

Fique ligado no blog da GreenView! Por aqui nós damos uma série de dicas e você também vai poder conhecer melhor os nossos serviços.

Somos especialistas em Licenciamento Ambiental, Gerenciamento de Áreas Contaminadas, Consultoria Ambiental e várias outras soluções. Entre já em contato conosco!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Agende uma Ligação!

Preencha o formulário ao lado e entraremos em contato para falar sobre como podemos lhe auxiliar: