Saneamento Ambiental

Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Saneamento Ambiental, o que é ?

Saneamento Ambiental é o conjunto de ações socioeconômicas que têm por objetivo alcançar Salubridade Ambiental, por meio de abastecimento de água potável, coleta e disposição sanitária de resíduos sólidos, líquidos e gasosos, promoção da disciplina sanitária de uso do solo, drenagem urbana, controle de doenças transmissíveis e demais serviços e obras especializadas, com a finalidade de proteger e melhorar as condições de vida urbana e rural.

Fonte: Fundação Nacional de Saúde (Funasa, 2004).

Homem em uma estação de tratamento de água com o texto Saneamento Ambiental

Segundo a OMS, um mundo em que o desenvolvimento sustentável tenha eliminado quase um quarto da carga de doença causada por ambientes insalubres por meio da proteção e promoção da saúde, ações preventivas em setores pertinentes e escolhas de vida saudáveis, e que administre os riscos ambientais para a saúde novos e emergentes. Os setores-chave incorporam plenamente a saúde ao seu processo de tomada de decisões e maximizam o bem-estar social. (OMS, 2018)

Saúde Ambiental

Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), Saúde Ambiental são todos aqueles aspectos da saúde humana, incluindo a qualidade de vida, que estão determinados por fatores físicos, químicos, biológicos, sociais e psicológicos no meio ambiente. Também se refere à teoria e prática de prevenir ou controlar tais fatores de risco que, potencialmente, possam prejudicar a saúde de gerações atuais e futuras (OMS, 1993).

Questões relacionadas à saúde ambiental, na esfera mundial e também no Brasil, têm demandado um crescente empenho das instâncias governamentais para implementar ações de controle e prevenção dos riscos ambientais que impactam negativamente a saúde humana.

Segundo a OMS, a mudança climática está aumentando a ocorrência de ondas de calor, secas, chuvas extremas, tempestades e ciclones graves em muitas áreas, e modificando a transmissão de doenças infecciosas, o que resulta em grandes impactos sobre a saúde. O risco para as populações em situações vulneráveis, como as que vivem em pequenas ilhas, é desproporcional. Entre as possíveis consequências mais amplas figuram a escassez de água, a migração forçada e o aumento das tensões políticas dentro e entre os países. (OMS, 2018).

A GreenView é uma Consultoria Ambiental que está localizado em São Paulo e atende à todo o Brasil, entre em contato e solicite um orçamento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *